Feliz Día de los Muertos

3 nov

dia-de-los-muertos-big

Oi, gente!

Eu sei que deveria ter publicado esse post ontem, mas eu fiquei tão envolvida pela pela história e pela tradição dessa celebração, que quando vi, já era dia 3. Mas o que vale é a intenção, né?

Acho que a maioria de vocês não sabe, mas metade de mim veio do México. Meu pai era mexicano, nascido em Guadalajara e devoto de Nossa Senhora de Guadalupe (como todo bom mexicano). E, apesar dele ter partido muito cedo, eu ainda me lembro de muitas tradições que ele trouxe da sua terra natal. Uma delas era a comemoração do Dia dos Mortos. Sim, eu disse comemoração. No México, o dia dos mortos é sinônimo de festa.

Dia dos Mortos Capa

Do dia 31 de outubro a 2 de novembro não só as casas, como as ruas e os cemitérios são decorados e enfeitados para as festividade. O Dia dos Mortos é uma das festas mais animadas do México pois, para os mexicanos, nesta data os mortos retornam para visitar seus parentes.

2nov2012---guatemalos-visitam-cemiterio-em-san-antonio-aguascalientes-guatemala-em-que-se-celebra-o-dia-de-finados-ou-dia-dos-mortos-no-mexico-1351832173206_956x500

Eu me lembro de ir, bem pequena, para a casa de alguns amigos do meu pai, que mesmo no Brasil, mantiveram a tradição de comemorar o dia dos mortos. A decoração era feita com serpentinas, guirlandas, flores e as características caveiras estilizadas mexicanas.  Uma coisa que me chamava muita atenção era o altar dedica aos mortos. Além de ser bem colorido, o altar continha fotos e os objetos favoritos do ente querido. Há quem coloque o prato e a bebida favoritos do morto como oferenda.

Altar de Muertos

Durante todo o período das festividades, os parentes e amigos contavam histórias divertidas sobre a pessoa que faleceu. É proibido ficar triste no dia dos mortos. Há música, cantoria, bebedeira e muita comida. Os meus favoritos eram o Pão de Morto, que nada mais é do que um pão doce polvilhado de açúcar e as Caveirinhas Doces, que também são feitas de açúcar.

page

Apesar de toda estranheza que causa, o Dia dos Mortos é uma celebração muito bonita. É uma forma de honrarmos e lembrarmos dos nossos mortos com carinho. Mesmo que você não faça uma festa, tente se lembrar das coisas boas, das memórias divertidas, das situações engraçadas. Porque a saudade sempre vai existir, mas as lágrimas são opcionais.

SAMSUNGSaudades!

Beijos,

Laura.

Bem Vindo a Floresta

2 nov

Pico_da_tijuca_9

Todo mundo sabe que a Floresta da Tijuca é uma das maiores florestas urbanas do mundo e que ela faz parte do Parque Nacional da Tijuca junto com o morro do Corcovado, onde fica o nosso querido Cristo Redentor, o Mirante da Dona Marta, a bela Vista Chinesa, a famosa Pedra da Gávea, dentre outros lugares. É sem dúvida um lugar diferenciado que contribui muito para que o Rio de Janeiro seja considerado a Cidade Maravilhosa. E eu, como um verdadeiro carioca, tive o prazer de conhecer de perto esse oásis repleto de vistas incríveis, paisagismos surreais e aquela sensação de paz e tranqüilidade ao som dos pássaros e cachoeiras parecendo estar em outro lugar totalmente desconectado da agitação e tensão da cidade grande.

Uma das coisas que me chamou a atenção foi a harmonia entre a floresta e seus visitantes, o que me deu vários momentos incríveis e me fez tirar muitas fotos. E é impressionante ver como as pessoas  que visitam o lugar se preocupam e compartilham com a preservação ambiental, pois, você não encontra lixo no chão,  não vê ninguém fazendo mal aos animais e nem depredando esse patrimônio nacional. E isso reflete um pouco na história dessa magnífica floresta que em 1861 começou, durante a gestão do Visconde do Paraná que na época era como se fosse um Primeiro Ministro, os trabalhos de reflorestamento e preservação ambiental visando recuperar os mananciais de água e também pelo receio de que, o efeito da devastação que a floresta sofrera em função das fazendas de café que por anos exploraram a área, secassem os rios que abasteciam a cidade.  Criando um ambiente realmente muito bonito e de deixar qualquer um de queixo caído, um prato cheio para quem, como eu, adora tirar fotos imaginando belas paisagens.

E por mais que queira você não consegue explorar tudo em apenas 1 dia porque existem milhares e milhares de trilhas, grutas, pontos de observação, fontes e praças para serem visitados. As trilhas tradicionais e mais conhecidas são bem sinalizadas e existem policiamento e guardas florestais espalhados por toda a área urbanizada da floresta, o que facilita para ninguém se perder. As mesmas passam em paralelo às ruas que ligam as áreas urbanizadas da floresta com os pontos turísticos. Através dessas trilhas internas é possível chegar à cachoeiras e riachos bem legais onde você encontra pessoas descansando, se refrescando, ou pensando na vida e buscando alguma inspiração.

floresta-da-tijuca-05

Existem áreas com churrasqueiras ao ar livre que tem parquinho para crianças, banheiros comunitários próximos e lugar para estacionar o carro. Uma boa oportunidade para levar a família e amigos para comemorar aniversários ou eventos.

Quem não vier preparado para fazer um churrasco ou piquenique, não se preocupe, existem dois restaurantes excelentes para almoçar uma boa comida caseira. Chamados de Restaurante da Cascatinha e Restaurante dos Esquilos, ambos abrem a partir do 12:00 e tem estacionamento próximo.

Eu não posso deixar de falar de alguns lugares muito legais que devem ser visitados como, por exemplo, a Cascatinha Taunay onde foi filmada uma cena do Filme “O Hulk”, a Capela Mayrink que até hoje tem cerimônias de casamento, o Lago das Fadas que por sinal é muito, mas muito bonito, a Cachoeira das Almas, o Bom Retiro, o Mirante do Excelsior que fica a 611 metros acima do nível do mar, a Cascata Gabriela, o Jardim dos Manacás com a Fonte Wallace, a fazenda e o Bosque dos Eucaliptos e o belo Açude da Solidão.

Outro lugar bem legal também é o Centro de Visitantes que tem exposições permanentes de uma Maquete do Parque Nacional da Tijuca e suas trilhas, dados geológicos e várias curiosidades sobre o Parque.

ATENÇÃO: não se aventure nas trilhas sem o acompanhamento de um guia que conheça muito bem a Floresta da Tijuca. O risco de se perder no local é muito grande.

Agora, para os quem gostam de uma aventura, indico as trilhas de mata fechada que levam para lugares incríveis como:
O pico da Tijuca, que tem 1022 metros de altitude, é o ponto mais alto do parque e o segundo mais alto do município do Rio de Janeiro. Sua trilha está sinalizada e não oferece grandes dificuldades. É considerada uma trilha com grau de dificuldade média e leva a um dos locais com paisagens mais privilegiadas da cidade.
O Bico do Papagaio que tem 989 metros de altitude é uma das trilhas mais requisitadas e recomendadas. Considerada leve, de curta duração, e com um lindo visual 360 graus da cidade ao chegar ao cume. E também o Morro dos Castelos da Taquara, Pedra do Conde e Morro da Cocanha.

A Floresta abre todos os dias das 08:00 até as 17:00 (Durante o Horário de Verão fica aberto até as 18:00) e o acesso é muito fácil para quem tem carro porque existem varias estradas que levam à floresta, como por exemplo: Portão de entrada Sumaré – Estrada do Sumaré, Portão de entrada Caboclos – Rua Almirante Alexandrino, Portão de entrada Macacos – Estrada Dona Castorina, Portão de entrada Passo de Pedras – Estrada da Vista Chinesa, Portão de entrada Sapucaias – Estrada do Redentor, Portão de entrada Solidão – Estrada do Açude da Solidão, Portão de entrada Cascatinha, Estrada das Canoas – Para chegar à Pedra da Gávea e Pedra Bonita e a Estrada Grajaú-Jacarepaguá – Para chegar ao conjunto da Floresta de Três Rios.
E de ônibus de acordo com o Rio Ônibus, basta pegar o 345, 301, 304, 333 ou 302 e descer no Alto da Boa vista no Portão da Cascatinha.

Uma riqueza de valor inestimável que infelizmente poucos têm consciência disso. Esse é um lugar que todos os Cariocas devem conhecer e cuidar, porque afinal esse paraíso faz parte do nosso quintal. Espero que sirva de exemplo e que mais lugares como este continue sendo preservados por todo o Brasil.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Imagem

Mistura na Hair Beauty!!!

13 out

image

Amateur Surgeon

18 ago

Vamos de joguitchos?

Hoje escreverei sobre um jogo que, se existisse um top 10 para os melhores jogos em flash, ele estaria nele.  Lançado em uma época onde jogos de cirurgia extremamente realistas estavam em alta, Amateur Surgeon é uma sátira a um gênero que foi moda e que deu muito certo.  E quando o assunto é sátira a galera do Adult Swim saca muito. (Quem assistia cartoon network na madrugada sabe muito bem)

Alan Probe, um entregador de pizza e aspirante a cirurgião, durante uma de suas entregas atropela o Dr. Ignacius Bleed, um ex cirurgião viciado em xarope. E já que você fez a besteira agora tem que concertar e com o que tiver em mãos.

Seu primeiro paciente é o próprio Dr. Ignaciu, com ajuda do mesmo você utiliza seus utensílios de pizza boy para concertar o velhinho. Sim! Quem precisa de um bisturi para abrir um corpo quando se tem um cortador de pizza?! Pontos? Nada que um grampeador não solucione!

A partir desse ponto o jogo começa de verdade. Dr. Ignacius vira uma espécie de mentor para você. Movido pelo seu sonho (sim Xuxa, olha o que você faz as pessoas fazerem falando para elas correrem atrás dos seus sonhos!) você começa a operar pacientes na sua clinica clandestina. E para uma pessoa que opera com utensílios de cozinha, não espere a nata da sociedade. Seus pacientes e os casos que você deve tratar são extremamente bizarros, como retirar um verme que lembra a cobra do casseta e planeta gigante que fica andando por todo aparelho intestinal.

Quando você entra no jogo, pode perceber do lado esquerdo que o mesmo está dividido em 3 atos. Na época que o jogo saiu somente um estava liberado e os desenvolvedores foram liberando os outros aos poucos. E, em minha opinião, foi uma das coisas que me deixou viciado nesse jogo. Após acabar um ato DIFICL ATÉ O INFERNO, você ficava louco esperando o próximo e que bizarrices viriam. E é caro leitor, esse não é da serie jogos fáceis. A medida que você avança as cirurgias vão virando verdadeiras torturas angustiantes e insanas. Mas graças a toda atmosfera de Alan Probe, após alguns xingamentos você acaba tentando novamente retirar objetos estranhos do interiro de seus pacientes.

Dependendo do seu desempenho nas cirurgia você consegue desabilitar pacientes secretos, mas novamnte, as coisas nesse game não são tão simples.

Amateur também pode ser baixado de graça para dispositivos IOS (mas o desempenho não é muito bom, muito melhor jogar pelo PC).

Para aqueles que acharem que um é pouco, existe o Amateur Surgeon 2, que claro segue as mesmas mecânicas mas se passa anos depois do fim do primeiro, mas não vamos dar spoiler sobre o fim😉.

Divirtam-se!

Livro “Cinquenta Tons de Cinza” inspira moda, beleza e música

10 ago

Não há dúvidas: o romance “Cinquenta Tons de Cinza” é o hit do ano. A obra da britânica Erika Leonard James vendeu 20 milhões de cópias só nos Estados Unidos, e uma série de itens vêm ganhando a marca. Na esteira pop, a marca de beleza Bobbi Brown lançou uma paleta de sombras, a marca Marc New York criou sua nova campanha inspirada nos personagens da trilogia e a música também ganha sua amostra com um álbum que reúne as faixas citadas no livro.

No quesito beleza a sacada está na paleta de sombras. O item não é oficial, mas o lançamento inclui a chamada When did grey get so naughty?. São seis tons de sombras, do metálico ao mate.

Já na moda, a tradução foi literal. A marca americana Marc New York preparou sua campanha com ceninhas que remetem à história erótica, vide a foto abaixo.

E a capitalização na música resgatou itens do livro, que em breve deve virar filme. O Fifty Shades of Grey – The Classical Album é uma seleção de músicas referenciadas nas páginas pop.

Confira as faixas e entre no clima!

  • Flower Duet Bach: ‘Adagio from Concerto #3 BWV 974′
  • Villa-Lobos: ‘Bachianas Brasilerias #5′
  • Verdi: ‘La Traviata Prelude’
  • Pachelbel: ‘Canon in D’
  • Tallis: ‘Spem in Alium’
  • Chopin: ‘Prelude #4 in E minor, Largo’
  • Rachmaninoff: ‘Piano Concerto #2 – Adagio Sostenuto’
  • Vaughan Williams: ‘Fantasia on a Theme by Thomas Tallis’
  • Canteloube: ‘Chants d’auvergne, Bailero’
  • Chopin: ‘Nocturne #1 in B-flat minor’
  • Faure: ‘Requiem – In Paradisum’
  • Bach: ‘Goldberg Variation – Aria’
  • Debussy: ‘La Fille Aux Cheveux de Lin’
  • Bach: ‘Jesu Joy of Man’s Desiring’

Será que vão vir mais itens por aí? A segunda parte da trilogia, “Cinquenta Tons Mais Escuros”, deve ser lançada por aqui no dia 15 de setembro. Só nos resta esperar. Mas eu tô ansiosaaaa!

Até mais!

Mix de DIY

30 jul

Oi, gente!!

Então, como acordei de bom humor e a semana promete ser maravilhosa, resolvi dar um bônus de presente pra vocês! Reuni algumas idéias de DIY rápidas e práticas. Tenho certeza que vocês vão adorar!

Vamos lá!

– Painel de fotos!

 

Se você tem aquela bicicleta velha, encostada de lado e que não vai usar de jeito nenhum, está aí uma nova finalidade pra ela!

– Prateleira radical!

 

O mesmo vale para o skate!

– Estante de caixote!

 

Pinte da cor que quiser. Para um visual mais rústico, deixe a madeira crua.

– Porta retrato 360°

 

Use potes de maionese, azeitona, milho e etc… Dá uma sensação de foto panorâmica.

– Velas charmosas!

Velas na xícara de chá são delicadas e dão um ar bucólico para o ambiente.

– Cor na parede!

 

Usando telas de diferentes tamanhos e tecidos com estampas bem coloridas, é possível criar um lindo efeito visual na parede!

 

Então, gente, curtiram?

Ah, deixa eu contar uma novidade em primeira mão: vai rolar sorteio lá na nossa página do facebook!!! Ainda não curtiu?? Então corre e curte! Em breve mais detalhes sobre o sorteio!

Beijos,

Laura

Receita: Muffuletta Panini

26 jul

Oi, gente!

Por favor, não se assustem!! Apesar do nome estranho, a receita de hoje é muito simples.

Muffuletta Panini, nada mais é do que um sanduíche de antepasto de berinjela com frios, no pão de focaccia. É super fácil de fazer, nem o antepasto dá trabalho, pois é feito no forno. Bem, vamos à receita:

Para o sanduíche:

– Pão de focaccia. (você compra na padaria)

– Antepasto de Berinjela*

– Presunto

– Salame

– Presunto de Parma

– Queijo Provolone

Para o Antepasto de Berinjela

– Berinjela (1 und.)

– Pimentão Colorido (verde, amarelo e vermelho – 1 de cada)

– Uva Passa Branca (1 xícara de chá – você pode substituir por azeitona)

– Cebola (1 und.)

– Azeite

– Sal

– Vinagre de Vinho Branco

– Salsinha

– Cebolinha

Corte a berinjela, a cebola e os pimentões em cubos bem pequeninos. Em uma travessa, coloque os vegetais picados e as passas. Regue com azeite, coloque uma pitada de sal, a salsinha, a cebolinha e por fim, regue com o vinagre, até cobrir os ingredientes pela metade. Cubra com papel laminado e leve ao forno baixo (180°) por 30 minutos. Retire do forno e deixe esfriar.

Montando o sanduíche!

Com a focaccia aberta, vocês podem seguir essa ordem: pão, um fio de azeite, uma colher de antepasto, presunto, salame, queijo, presunto de parma, uma colher de antepasto, um fio de azeite e pão! Ou vocês podem fazer na ordem que quiserem!

O sanduíche é uma delícia e combina super bem com uma taça de vinho tinto ou um suco bem gelado!

Bom apetite!

Beijos,

Laura

%d blogueiros gostam disto: